Blog

Não existe amor mais sincero do que aquele pela comida


No seio da mãe, entendemos que alimentar é uma forma de amar. Ao pegar o primeiro alimento, percebemos que comer é uma forma de diversão. Nos almoços de família, percebemos que comer é uma forma de estar junto. Na casa da vó, entendemos que cozinhar é uma forma de dar amor. Nos dias em que estamos doentes, aquela sopinha é uma forma de cuidar. Ao se encantar pelos diferentes cheiros e temperos, comer é uma forma de bem estar. Nas festas de aniversário, entendemos que comer é uma forma de celebrar. Ao experimentar comidas diferentes, observamos que comer é uma forma de viajar. Ao ganharmos um alimento de presente, sentimos que comer é uma forma de amor. Ao prepararmos a receita da vó, entendemos que comer é uma forma de recordar. Desde que nascemos, nós desenvolvemos um vínculo muito especial com a comida. Descobrimos que o comer nos dá muito mais do que força, disposição e saúde. Comer é amar, se divertir, estar junto, dar amor, cuidar, celebrar, viajar, recordar, é viver.

Hoje é Dia Mundial da Alimentação, uma data escolhida por mais de 150 países para refletir sobre questões de alimentação e nutrição. E por isso eu convido vocês a refletirem sobre a importância que a alimentação tem para o seu corpo, para a sua mente e para sua alma. Que tal fazer isso com um boa xícara de chá ou com um café da tarde com uma pessoa querida?

Veja mais